Protetor Solar Mary Kay!!

Oi Lindonas,

Primeiramente quero agradecer minha Diretora Leide Theriot por compartilhar este material maravilhoso! Quando falamos em exposição solar temos que ter muitos cuidados, então trouxe este material muito rico para compartilhar com vocês!

O Brasil tem grande parte de sua superfície demográfica localizada entre o Trópico de Capricórnio e o Equador. Esta área recebe com maior intensidade os raios solares por estar mais próxima ao sol. Os raios solares, nesta região, incidem em um ângulo mais perpendicular, tornando o Brasil o país com maior área intertropical e um dos mais ensolarados do planeta. Este fato é um dos principais responsáveis pelo aumento do número de pessoas com câncer de pele no país.

O espectro solar é composto por uma série de radiações, quase todas podem atuar de forma benéfica, porém, quando a quantidade de energia absorvida é superior à dose tolerável, os riscos são inevitáveis. As principais radiações solares são:

  • Raios infravermelhos – Responsáveis pela sensação de calor e desidratação da pele durante a exposição ao sol;
  • UV-A – Bronzeiam superficialmente, porém, contribuem para o envelhecimento precoce da pele, induzido pela exposição solar prolongada;
  • UV-B – São consideradas mais lesivas que as radiações UV-A. Em excesso, causam eritema (queimadura solar), envelhecimento precoce e câncer de pele, atingindo, principalmente, pessoas de pele clara;

O que é?

Os filtros solares são substâncias destinadas a proteger a pele do sol (das radiações ultravioletas A e B). A curto prazo, eles protegem a pele de queimaduras e alergias solares e, a longo prazo, de envelhecimento e câncer de pele. Eles podem agir de duas maneiras:

  •  Filtros Químicos: através da absorção dos raios ultravioletas, impedindo assim que a pele seja atingida.
  •  Filtros Físicos ou de Barreira: são substâncias opacas que formam uma película sobre a pele e refletem a luz como um espelho. Não são muito aceitos cosmeticamente (mais espessos e de difícil aplicação sobre a pele), mas apresentam menor sensibilização (alergia), sendo muito indicados para elevar a proteção solar e para crianças menores.

Exemplos mais comuns são o Dióxido de Titânio e Óxido de Zinco. (Elementos presentes em todos os nossos protetores e inclusive na maquiagem mineral da Mary Kay.)

O que é Fator de Proteção Solar (FPS)?

Para escolher o FPS deve se relevar as seguintes condições: as pessoas têm que usar, no mínimo, FPS 15, inclusive para quem tem pele mais morena, defesa feita por unanimidade pelos dermatologistas. A regra é: quanto mais clara for a pele, mais alto deve ser o FPS. Os dermatologistas garantem que vale a pena investir nos fatores de proteção mais altos, mesmo que as diferenças de proteção não sejam muito grandes – o FPS 15 filtra 93,3% da radiação ultravioleta B, enquanto o FPS 30 evita 96,7%. “Ainda não é possível se proteger 100%, diz o dermatologista Humberto Ponzio.

Os Fatores de Proteção Solar (FPS), presentes em todos filtros solares, são uma medida que indica quanto tempo uma pessoa pode ficar exposta, sem se queimar. Eles auxiliam na escolha do produto de acordo com o tipo de pele. Para peles mais claras, o tempo de exposição solar necessária para queimá-las é menor que para peles mais resistentes.

Portanto, as peles mais claras necessitam de filtros com FPS mais altos (FPS 30), enquanto que nas peles morenas (mais resistentes), um FPS mais baixo é suficiente para garantir a proteção solar (mas no mínimo FPS 15).

INFORMAÇÕES AO CONSUMIDOR

Durante o verão, o consumidor deve tomar certos cuidados na hora de se expor ao sol, para evitar alergias, queimaduras, insolação, envelhecimento precoce e, principalmente, câncer de pele.

Ao contrário do aviso comum de que o filtro solar deve ser reaplicado a cada 2-3 horas, uma pesquisa mostrou que a melhor proteção é alcançada com a aplicação 15-30 antes da exposição, seguida por uma reaplicação 15-30 minutos depois que a exposição ao sol começar. Mais reaplicações só são necessárias depois de atividades como natação, ou que a pessoa sue.

Entretanto, estudos mais recentes da Universidade da Califórnia indicam que o filtro solar deve ser reaplicado em duas horas para que mantenha sua efetividade. A não-reaplicação poderia causar até mais dano às células do que o não uso do filtro solar, devido à liberação de radicais livres (O PROTETOR SOLAR MARY KAY COMBATE A PROLIFERAÇÃO DESSES RADICAIS) extras emitidos por substâncias químicas presentes no filtro.

  •  Preferência para horários em que seja menor a intensidade dos raios solares para se expor ao sol. Não é recomendável a exposição ao sol entre 10 e 16 horas;
  • Não é aconselhável permanecer por longos períodos na mesma posição, como dormir por exemplo. O ideal é mudar de posição freqüentemente;
  • Tomar sol moderadamente para que o efeito das radiações solares seja benéfico;
  • Áreas sensíveis como rosto, lábios e cabeça, principalmente os calvos, necessitam de um cuidado maior e, portanto, de um protetor solar de FPS mais elevado;
  • Durante a exposição solar, não é aconselhável a utilização de produtos como perfumes ou outros produtos não específicos, como receitas para descoloração dos pêlos. Eles devem ser evitados pois, em geral, promovem queimaduras e podem aumentar os casos de alergia, além de não protegerem contra os efeitos das radiações solares;
  • Alguns produtos de uso diário, como batom e maquilagens, fornecem proteção natural pois, geralmente, contêm, em sua composição, agentes refletores de radiação solar;
  • O consumidor também deve tomar cuidado com a utilização de certos medicamentos, como o ácido acetil-salicílico (aspirina), por exemplo, que em combinação com o protetor solar e o sol podem provocar reações alérgicas;
  • Produtos importados devem trazer informações claras e em português quanto ao seu nível de proteção, tipo de pele indicado, modo de uso e demais informações que permitam sua utilização correta;
  • Optar por guarda-sóis de algodão e de cor clara. A cor escura absorve radiação e calor. Tecidos de nylon produzem sombra, mas não protegem da radiação solar;
  • Verificar qual é o fator de proteção mais adequado para o seu tipo de pele. Em caso de dúvida ou, se possível, sempre, devem ser utilizados os produtos com FPS mais elevados;
  • O mormaço também ocasiona queimaduras. A brisa, por oferecer uma sensação refrescante, pode levar a pessoa a esquecer os efeitos nocivos do sol;
  • A eficiência de um protetor solar está relacionada diretamente a sua utilização correta, ou seja, o usuário deve estar atento às instruções da embalagem quanto ao tempo de reaplicação do produto, levando em consideração fatores como a transpiração e o contato direto da pele com qualquer superfície que propicie a remoção do produto.

Tabela do fator de proteção x bloqueio dos raios ultravioletas:

Fator de proteção do filtro solar

Bloqueio de raios ultravioletas

FPS 10 – 90,0%

FPS 20 -95,0%

FPS 30 – 96,7%

O protetor solar Mary Kay é  leve e livre de óleo protege a pele contra os efeitos nocivos do da exposição aos raios UVA / UVB. Enriquecido com antioxidantes e vitaminas, sua nova fórmula atua contra os radicais livres e é absorvida rapidamente, deixando a pele do rosto e do corpo macia e hidratada. O protetor solar com FPS 30 da Mary Kay é à prova d’água, resistente ao suor (é indicado para esportistas como ciclistas, surfistas, nadadores, maratonistas e jogadores de vôlei e futebol de praia, pois aguenta 80 min. molhado ou sob suor abundante), não comedogênico (não obstrui os poros) é clinicamente testado contra alergias e irritações da pele.

Fonte:Diretora Mary Kay Isabella Arantes. 

Karla Henequim: Consultora de beleza Mary Kay

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>